CRÉDITOS: Canil Kioma – Giovanna Henriques
 
text1
 
Shar- Pei Tradicional
Shar-pei Moderno
 
 
 
O Shar Pei do ocidente é chamado pelos chineses de Shar Pei moderno, e o Shar Pei nativo é conhecido como original e também como tradicional, o Shar Pei “MODERNO” (ocidente) ou americano possui 05 subcategorias levando em consideração o tipo de boca e textura de pêlo sendo assim divididos:1)brush coat meatmouth (boca carnuda);2)brush coat bonemouth (boca sem acolchoamento, boca seca);3)horse coat meatmouth;4)horse coat bonemouth;5)bear coat (meatmouth e bonemouth);6)Existe ainda aquele tipo aonde o seu “acolchoamento” é um meio termo entre o meatmouth e o bonemouth, é chamado de clássico ou tweener, mas esse termo é pouco usado na literatura.Já o Shar Pei tradicional ou original, é somente horse coat e bonemouth (boca de osso e pelo curtíssimo eriçado e muito desagradável ao toque).A boca do Shar Pei tradicional, é sempre bonemouth, ou seja, uma boca seca ou seja sem nenhum acolchoamento, sobre o nariz e bochechas, não há nada de acolchoamento entre sua mandíbula e dentes, portanto é impossível o tight lip existir nestes cães, sua mordida é em tesoura poderosa dentição completa, o que lhe garante ser um bom cão de caça.O focinho (cana nasal) é sempre mais fino do que a largura do crânio, olhando de cima e ligeiramente se assemelha a uma em “cuia.”, uma cabaça.O comprimento do crânio é quase igual ao comprimento do focinho, o tradicional quando sua boca se abre, dá a impressão de que ele está sorrindo, um típico chinês chamado “boca de sapo”.As narinas são grandes e abertas e dão ao animal oxigênio que é necessário para executar suas funções de caça, sem se cansar.Os olhos são grandes, amendoados e os mais escuros possíveis. Nunca devem ser muito aprofundados no crânio (e é assim que eles evitam entrópio e os olhos são sempre saudáveis).Poucas rugas que não são muito pronunciadas, e estão apenas na testa e em outras partes da cabeça ou do corpo do cão. (basicamente testa e cernelha ).As orelhas podem ser pequenas ou um pouco maiores.

O tipo americano ou ocidental é o mais desejável para exposições e reprodução, tem uma cabeça quadrada (crânio-focinho).A largura da cabeça é quase a mesma que a largura do nariz, olhando de cima. Ele sempre tem acolchoamento sobre seu nariz e espessas bochechas e boca carnuda. Esta é sua marca registrada como “hipopótamo” cabeça, o que dá a doçura e a atratividade tornando-o o tipo mais cobiçado.As narinas são mais apertadas o que dificulta a entrada de oxigênio fazendo o cão se cansar muito, tornando o assim menos eficiente em cumprir seu dever.Os olhos são de forma amendoada, muito aprofundada no crânio com algumas rugas na cabeça, ao redor da boca e garganta. Às vezes, alguns têm rugas em todo o seu corpo (embora isto tende a ser indesejável nos últimos anos nas exposições e reprodução ).As orelhas são sempre muito pequenas quanto possível. As típicas cabeças vistas de cima, o Shar Pei tradicional possui a forma de cuia, (cabaça ) enquanto que o tipo “moderno” possui a forma mais quadrada.
 
 
 
As narinas do Shar Pei tradicional são bem abertas o que facilita sua respiração e evita que se canse muito enquanto ele esta cumprindo seu trabalho de caçador.Comparando agora o corpo dos dois tipos, vemos as seguintes diferenças.O Shar Pei Chinês (tradicional) é sempre mais alto em comparação com o norte-americano e quanto maior, melhor (alguns chegam a 55 cm).O Shar Pei do ocidente (americano ou moderno) mede de 44 cm a 51 cm, tem aparência mais robusta.O tipo tradicional tem o corpo atlético, com ”light” estrutura corporal, nunca parece pesado. As pernas são retas, fortes e longas. Muito importante, é a forma dos pés, no tipo tradicional, eles devem ser achatados, com dedos longos com espaço entre eles (não são apertados), o que facilitam o cão escalar e escavar e até mesmo para apanhar alguma coisa.Já o Shar Pei ocidental possui os dedos muito apertadinhos como pés de gato, semelhante também a uma cabeça de alho.A pelagem do Shar Pei tradicional é estritamente de curta (1 cm ou menos) e é excepcionalmente dura ao toque, de modo que causa irritação à pele humana.As cores são somente unicolor: marrom, creme e preto enferrujado (não preto puro como labrador). Não há azul, lilás, chocolate, floreweds ou sables.
E por último, a cauda característica desse tipo é o parafuso. A cauda começa com espessura arredondada e cônica com uma ponta fina, uma característica bastante apreciada a falta de pelos na ponta da cauda (enquanto no tipo americano, a cauda um pouco mais fina na borda).
 

Outras comparações:

O Shar Pei tradicional se originou na China (especificamente Dialak, Guangdong).
O Shar Pei moderno se originou na China e USA.Padrão: Shar Pei tradicional China e o Shar Pei moderno FCI (USA).
Padrão original válido Tradicional (25 de Janeiro de 1994) e moderno (14 de Abril de 1999).
Utilização de ambos os tipos: caça e guarda;

Características comportamentais:

Shar Pei Tradicional: Ativo e ágil (características básicas para caça e guarda), calmo, independente, leal e carinhoso com as pessoas.
Shar Pei Moderno: Calmo, independente, leal, afetuoso com sua família.

O Shar Pei tradicional é um cão de trabalho acima de tudo é um cão ágil, corajoso e persistente, sem deixar de ser afetuoso com seus proprietários, criou-se ao redor dele uma lenda de que seria um cão feroz com desvio de comportamento, a credita-se que a razão deste pensamento equivocado seria pelo fato de que os primeiros Shar Pei a chegar foram em sua maioria cães de rua, cães com pedigrees e origem desconhecida e por isso alguns com desvio comportamental o que na verdade não deve ser, pois um cão de trabalho acima de tudo deve ser equilibrado. No quesito saúde, o tradi shar é um cão rústico e não há entre eles muitos casos de FSF e A (não quer dizer que não exista, mas a proporção é bem menor), eu acredito que esse cão ainda se preserva saudável pelo simples fato de sua aparência não agradar a todos e não ser difundida, esse fato pode ser uma grande vantagem pois o tipo original se mantém saudável e desvantagem pois não é um cão divulgado.

Altura do Shar Pei tradicional: 48.3 cm a 58.4 cm.
Shar Pei moderno: 44 cm a 51 cm.

Para o Shar Pei tradicional, o focinho pontudo não é falta séria, é somente menos preferido, já no Shar Pei moderno, o focinho pontudo é uma falta mais séria.

Rugas:
Tipo tradicional no cão adulto as rugas são mais acentuadas e permitidas apenas sobre a testa e cernelha. Rugas na testa devem ser aparentes, mas não devem obstruir os olhos. As rugas na testa formam marcação que lembra o símbolo chinês de longevidade.No Shar Pei americano, as rugas no corpo em cães adultos, são altamente indesejáveis, exceto na cernelha e na base da cauda, que apresentam rugas moderadas. As rugas na testa e nas bochechas continuam e formam barbela.

Língua:
A coloração da língua no Shar Pei tradicional é preferivelmente preto-azulada, porém a cor rosa é apenas permitida em cães de cor mais clara. No Shar Pei moderno a coloração da língua é preto-azulada, a cor rosa sólido é altamente indesejável, assim como a língua rosa manchada de roxa, sendo tolerada a língua roxa manchada de rosa.


 
, 11/08/2017

Entre em contato